O BRASIL 316 PRECISA DE VOCÊ (É, VOCÊ MESMO, NÃO ADIANTA OLHAR PRO LADO!)


Mídia independente é dessas expressões que surgem de tempos em tempos. Mas nem sempre as coisas são tão independentes quanto parecem, não é mesmo? Ora ligada ao governo, ora ligada a partidos políticos, ora ligada a grupos de pressão conectados ao poder, a expressão se tornou uma mera descrição vazia para separar a grande imprensa do resto. Não por acaso, num país em que blogueiros recebem verdadeiras fortunas de dinheiro público para defender interesses políticos mesquinhos, lançar-se como um veículo de informação político independente é assinar uma espécie de atestado de culpa em cartório. Foi exatamente nesse cenário que nasceu a nossa página – no caos da informação. Mas nossa relação com essa palavrinha é institucional.
Independente. Aquele que não se deixa submeter; livre. Aqui, esses são os quatro valores presentes.
1. Você não encontrará o nosso nome no Portal da Transparência. Nem agora, nem em qualquer outro momento. Essa publicação não aceita dinheiro público, não presta “serviços” para órgãos do governo e não recebe publicidade estatal, de qualquer natureza.
2. Não temos relação com qualquer partido político, de qualquer orientação.
3. Se você chegou aqui de paraquedas, temos um aviso. Você encontrará a mesma palavrinha em diversas ocasiões nessa página: liberdade. Nossa linha editorial é explícita em defesa desse valor. Por aqui, pegamos emprestado a definição do grande poeta português Fernando Pessoa, acreditando que “o indivíduo tem o direito de pensar o que quiser, de exprimir o que pensa como quiser, e de pôr em prática o que pensa como quiser, desde que essa expressão ou essa prática não infrinja diretamente a igual liberdade de qualquer outro indivíduo”. Não cabe ao governo atrapalhar.
4. Você é fundamental nesse processo. Não queremos vomitar nenhuma verdade absoluta no seu colo. Escreva, comente, critique, indique, reclame. Ajude a construir esse espaço.
Esses quatro pontos nos guiaram até esse momento. Por aqui, mais de um milhão de pessoas passam todos os meses. Até o exato momento em que esse texto é publicado, foram 2.228.289 curtidas nos 215 textos publicados. E isso com uma estrutura pequena, uma equipe pequena, um investimento menor ainda.
lanham-spacedog
Para continuarmos no ar, no entanto, dependemos de você.
Se você acredita na importância de uma publicação com esses valores, se curte os textos publicados por aqui, mas está naquele processo da vida em que sobra dia no final do salário, sem problema. Você pode ajudar compartilhando nosso conteúdo, indicando para os seus amigos, usando a seção de comentários e ajudando a construir o nosso dia a dia.
Se você pode colaborar financeiramente, esse é o espaço. Seja nosso patrão. O valor você escolhe, a partir de uma resposta que deve ter em mente: quanto vale as informações e o conteúdo publicado aqui? Você sabe melhor do que ninguém 1) o quanto tem disponível, 2) o quanto valoriza essa publicação. E nós respeitamos seu poder de escolha. Ele é soberano. Você pode contribuir uma única vez, contribuir todos os meses, cancelar sua contribuição a qualquer momento. Você escolhe.
Sem pessoas como você desempenhando essa função, a gente morre, feito um cão solto perdido no espaço. Quanto mais pessoas como você patrocinarem essa publicação, no entanto, maiores são as possibilidades de crescermos, aumentarmos nosso conteúdo publicado e espalharmos nossa mensagem pelos confins da web.
Você é o nosso tubo de oxigênio, nosso combustível, nosso capitão. Chegou a hora de embarcarmos juntos nessa!

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO!
Página inicial


ÚLTIMAS BOMBAS



     
    Copyright © 2015. Jornal Brasil 316 .
    .