Lula diz que não tem mais esperança, e que carrega um ódio mortal do juiz Sérgio Moro

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019


Lula se sente solitário e abandonado na carceragem da Polícia Federal em Curitiba. As visitas estão cada vez mais raras, o acampamento acabou, a farsa do “bom-dia Lula” cessou, a condenação no processo do sítio de Atibaia está cada vez mais próxima. 




Lula disse a amigos que não tem mais esperança e que nutre um ódio mortal pelo juiz Sérgio Moro, a quem considera culpado por sua situação, um verdadeiro inimigo, mas já admite que foi derrotado.



  1. LEIA TAMBÉM: 



DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial


ÚLTIMAS BOMBAS



     
    Copyright © 2015. Jornal Brasil 316 .
    .