Billboard Ads




O ex-procurador-geral do Rio na gestão de Sérgio Cabral, Claudio Lopes, acaba de ser preso pela Polícia Federal. 

De acordo com a denúncia, Lopes recebia mesada de R$ 150 mil do esquema de corrupção montado pelo ex-governador.

Segundo as investigações, a propina seria para "blindar" a organização chefiada pelo ex-governador Sérgio Cabral.

"O denunciado CLÁUDIO LOPES, recém-ingresso na quadrilha, foi nomeado Procurador-Geral de Justiça pelo denunciado e líder da sócia, SÉRGIO CABRAL, no início de janeiro de 2009 e, a partir de março do mesmo ano, passou a receber a indevida quantia mensal de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais), o que perdurou até o término de seu segundo mandato à frente do Parquet estadual, em dezembro de 2012,"diz trecho da denúncia divulgado por O Antagonista.
Por