Billboard Ads




Em depoimento à juíza Gabriela Hardt, Marcelo Odebrecht afirmou que pagamentos de R$ 200 milhões de reais em propina foram feitos para Antonio Palocci e Lula.

Mas o que mais espanta, é a informação de que os petistas queriam mais. Marcelo relatou inclusive, que alguns pedidos tiveram que ser negados.

“Teve alguns pedidos de propina que inclusive foram negados com base na existência da planilha Italiano e que imagino que outras empresas acabaram tendo que pagar. Por exemplo: a questão de Belo Monte, a questão de sondas.”

Por