Billboard Ads




A ex-presidente não perde a mania de procurar culpados por suas desventuras. Quando era terrorista e assaltante, culpou o regime militar por colocá-la atrás das grades. Quando teve o mandato de presidente da República cassado, após ter sido condenada pelo crime de responsabilidade fiscal, colocou a culpa em Temer.

Agora a petista tenta culpar o juiz federal Sérgio Moro por sua derrota na disputa por uma vaga no Senado por Minas Gerais. Após o anúncio da decisão de Moro em aceitar o convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro, para comandar o Ministério da Justiça, Dilma foi ao Twitter culpar o magistrado por sua derrota em Minas e pela derrota do PT com Haddad no Brasil:

Dilma está reclamando de barriga cheia. O próprio juiz Sérgio Moro, ao levantar o sigilo de trechos da delação de Palocci, adiantou que as partes mais 'bombásticas' ainda estão sob sigilo.
Por