Billboard Ads




Sem nenhuma chance de ganhar no voto, o candidato Fernando Haddad resolveu partir para o tapetão. 

A campanha do petista ingressou no TSE com uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral por suposto abuso de poder econômico do adversário Jair Bolsonaro (PSL) e seu vice Hamilton Mourão pedido que sejam declarados inelegíveis.

O PT alega que há desequilíbrio na disputa eleitoral diante da colocação de dezenas de outdoors pelo Brasil inteiro. 



De acordo com levantamento da Procuradoria Geral Eleitoral, há outdoors com mensagem de apoio à chapa de Bolsonaro em pelo menos 33 municípios, distribuídos em 13 estados, comprometendo de forma clara o próprio processo eleitoral.

Cabe ressaltar que nenhum dos outdoors tem ligação com a campanha de Bolsonaro e Mourão. Eles foram colocados por iniciativa popular. 

O caso é de relatoria do ministro Jorge Mussi, corregedor geral Eleitoral, que decidirá sobre a abertura ou não da ação.

LEIA URGENTE


Por