Billboard Ads




O presidenciável líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro, amenizou as declarações de seu filho feitas há 4 meses e resolveu enviar uma carta ao ministro do STF, Celso de Mello.
O magistrado havia reagido fortemente às declarações de Eduardo Bolsonaro. 
No texto enviado ao ministro, Bolsonaro reafirmou que o STF é o “guardião da Constituição” e que “todos temos que prestigiar a corte”.
Eis a carta na íntegra:
Exmo. Sr. Dr.

Ministro Celso de Mello
E.m.

Senhor Ministro,

Tomo a liberdade de encaminhar esta carta a Vossa Excelência, diante do noticiário
recente.

É meu dever, como cidadão, manifestar meu apreço por Vossa Excelência, seja pela
conduta impecável no exercício de jurisdição, seja pela forma ponderada como sempre se
manifesta ao público.

Quero, por escrito, deixar claro que manifestações mais emocionais, ocorridas nestes
últimos tempos, se mostram fruto da angústia e das ameaças sofridas neste processo eleitoral.

O Supremo Tribunal Federal é o guardião da Constituição e todos temos de prestigiar a
Corte.

Cordialmente,
Jair Messias Bolsonaro
Por