Recusar Digitar alguma coisa e apertar enter

author photo
Por On

O candidato esfaqueado por um militante de esquerda, Jair Bolsonaro, apresentou aumento de temperatura corporal e resíduo de líquido ao lado do intestino. A elevação da temperatura chegou a 37,7 °C.

A informação é de um novo boletim medico emitido pelo hospital Albert Einstein, onde o capitão está internado. 

A febre pode ser um sinal de que há uma infecção se instalando no corpo. Bolsonaro corre risco de septicemia, ou seja, infecção generalizada, já que devido a facada, seu intestino foi perfurado e matéria fecal vazou na cavidade abdominal. 

O líder nas pesquisas foi submetido a uma drenagem “guiada por imagem, sem intercorrências”.

De acordo com o boletim do hospital, “ele está com dreno no local e evolui sem dor.”