Recusar Digitar alguma coisa e apertar enter

author photo
Por On
Será apresentado nesta quinta-feira, 05/07, às 09h, no auditório da FIEMA, o diagnóstico realizado pela Companhia de Desenvolvimento das Bacias do São Francisco e Parnaíba (CODEVASF), para a etapa inicial de recuperação da bacia hidrográfica do Rio Itapecuru. Trata-se da *Apresentação do Plano de Preservação e Recuperação das Nascentes e do Estudo Socioambiental Estratégico de Suporte à Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio Itapecuru*, realizado por especialistas do corpo técnico da Codevasf.

O diagnóstico incluiu várias etapas realizadas desde 2017 até maio deste ano, entre elas o levantamento de como estão as lagoas marginais do rio, assim como seu ecossistema, ocupação populacional, entre outros aspectos. O estudo deverá subsidiar o trabalho de recuperação do Rio Itapecuru, bem como suas nascentes.

O projeto de revitalização do Rio Itapecuru integra o trabalho de recuperação das bacias hidrográficas maranhenses que será realizado pela Codevasf e que se constitui em uma bandeira institucional levantada por vários parlamentares maranhenses, entre eles deputados federais e um senador maranhense: Roberto Rocha. Em setembro de 2017 foi à sanção presidencial o Projeto de Lei 85/2015, de autoria do senador maranhense, que ampliou a atuação da Codevasf para todo o estado do Maranhão.

Desde março de 2017 Roberto Rocha, por meio de sua atuação parlamentar, tem capitaneado a realização de Seminários de Revitalização dos Rios Maranhenses, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade civil, bem como de políticos, empresários, gestores, estudantes, ambientalistas, dentre outros profissionais de diversas áreas, para a problemática do assoreamento dos rios. Em todo o ano de 2017, foram realizados seis seminários ao longo das principais regiões do estado. 

A Codevasf reúne investimentos para obras de infraestrutura, em especial de projetos de irrigação e de aproveitamento racional da água, mas também de saneamento básico, eletrificação e transportes. É reconhecida principalmente pela implantação de polos de irrigação, a exemplo do Polo Petrolina–Juazeiro. Também ajuda as comunidades rurais, especialmente as afetadas pela seca.

As emendas parlamentares constituem uma importante fonte de financiamento das ações da Codevasf, o que reforça a necessidade da alocação desses recursos de forma a possibilitar que sua destinação coincida com os programas e projetos da Companhia, complementando os recursos alocados. Somente em 2016 os recursos do Orçamento geral da União destinados por emendas parlamentares para garantir as ações executadas pela 8ª Superintendência Regional da Codevasf em regiões do Maranhão castigadas pela estiagem somam mais de 42 milhões.

O QUÊ – APRESENTAÇÃO DO PLANO DE PRESERVAÇÃO E RECUPERAÇÃO DAS NASCENTES E DO ESTUDO SOCIOAMBIENTAL ESTRATÉGICO DE SUPORTE À REVITALIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAPECURU

QUANDO - DIA 05/07 ÀS 9H

ONDE - AUDITÓRIO DA FIEMA, AV. JERÔNIMO DE ALBUQUERQUE S/N COHAMA, SÃO LUÍS/MA