Acordo "fake" foi bala de prata no governo

sexta-feira, 25 de maio de 2018


O governo anunciou ontem um acordo para a suspensão da paralisação da categoria, que há quatro dias provoca bloqueios de rodovias e desabastecimento em todo o país.




Não precisava ser muito inteligente para perceber que o acordo era fake, pois o G1noticiou que "pelo texto do acordo, os representantes das entidades de caminhoneiros que ficaram até o final da reunião se comprometeram (à exceção de um) a "apresentar aos manifestantes" os termos do acordo."

Estava na cara que o trecho "à exceção de um" significava que tudo aquilo não passava de um teatro. 

O problema é que a partir de agora, mesmo que um acordo seja traçado, ninguém mais vai acreditar. 



A missão de cessar a paralisação se tornou praticamente impossível. 

O governo deixou o país flertar, pedir em namoro e até marcar o casamento com o caos.





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial


ÚLTIMAS BOMBAS



     
    Copyright © 2015. Jornal Brasil 316 .
    .