Lula chora ao ver a virada e revela preocupação em julgamento no STF - Jornal Brasil 316

Lula chora ao ver a virada e revela preocupação em julgamento no STF

quarta-feira, 4 de abril de 2018






O ex-presidente Luiz Inácio #Lulada Silva estava ansioso e confiante que ganharia a votação de concessão do seu habeas corpus, porém, horas antes da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) , ministra Cármen Lúcia, abrir a sessão, Lula foi surpreendido com uma mensagem forte do comandante geral do Exército, Eduardo Villas Bôas. Nesse momento, o petista viu que o jogo pode virar e todo o seu entusiasmo começou a regredir.

Conforme informações da “Folha de São Paulo” e do “O Antagonista”, o líder do PT está muito preocupado. Ele teme que os ministros que votariam a favor de seu HC mudem de ideia para evitar possível desordem no país e, dessa forma, o seu destino seria a cadeia.
Nesta quarta (4), o general divulgou mais uma nota explicando qual é a sua intenção. De acordo com Villas Bôas, as Forças Terrestres sempre estarão prontas compromissadas com os preceitos constitucionais, sem esquecer, que o ponto fundamental de tudo isso é o anseio do povo brasileiro.
O general relata que é importante o legado e os valores que serão deixados para as futuras gerações. “É uma mensagem de confiança e estímulo à concórdia”, declara Villas Bôas.
A impunidade deve ser combatida com todas as forças.



Lula Nervoso

Reunidos com vários de seus aliados, o ex-presidente não gostou das declarações do general. Lula criticou a abordagem feita pela Rede Globo que enalteceu, segundo ele, as declarações do comandante.
Em conversas na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, o petista chegou a minimizar as declarações dizendo que nem passa pela sua cabeça que o general insinuou uma ameaça à democracia, porém, Lula sabe e admitiu que a mensagem do comandante repercutiu nos quartéis.

Sessão Segue

O Supremo segue com a sessão do habeas corpus de Lula. O ministro Gilmar Mendes pediu para a ministra Cármen Lúcia a permissão de antecipar seu voto, já que ele tem uma viagem para Lisboa.

O objetivo da defesa do petista é tentar evitar a prisão dele com determinação da segunda instância e deixá-lo em liberdade até que todos os recursos disponíveis para a defesa se esgotem.
A grande tendência é de Gilmar Mendes votar a favor de Lula  ao se basear numa proposta do ministro Dias Toffoli, que sugere que a terceira instância, no caso o Superior Tribunal de Justiça (STJ), se posicione sobre a prisão ou não do condenado.
Essa proposta pode ganhar força no decorrer da sessão. Resta aguarda a posição dos outros ministros.

LEIA TAMBÉM: Gilmar Mendes debocha da mídia e do Brasil e depois se manda para Lisboa





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

ÚLTIMAS



     
    Copyright © 2015. Jornal Brasil 316.
    Design by Herdiansyah Hamzah. Published by Mais Template.