quinta-feira, 5 de abril de 2018

author photo




Os integrantes da CUT resolveram partir pra ignorância e fazendo uso da violência, destruíram um carro do Correio Braziliense. 
 Reprodução

O caso aconteceu em frente a central em Brasília. Com pedras e socos, quebraram vidros do veículo. 
Dentro do carro estavam um motorista, uma repórter e uma fotógrafa. Segundo o relato de Alves, “capacetes evitaram ferimentos”.
Um absurdo. Se continuar assim, o Exército terá que intervir. 




your advertise here

Publicidade