quarta-feira, 4 de abril de 2018

author photo
Gilmar Mendes interrompeu o seu voto para atacar a mídia.


Ele disse que já viu de tudo, mas nunca “uma mídia tão opressiva”.

A queixa de Gilmar foi sobre a matéria da Folha que destacou as férias excessivas do judiciário e outra do Jornal Nacional, que tratou sobre a mudança de opinião do ministro sobre o entendimento em relação as prisões em segunda instância. 

Gilmar quer salvar Lula sem ser incomodado




your advertise here

Publicidade