quarta-feira, 18 de abril de 2018

author photo

Senador Roberto Rocha e prefeito Assis Ramos estiveram no Ministério da Defesa. O recurso está garantido, mas área precisa ser doada pelo Exército.



O Ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, recebeu nesta quarta-feira (11), o senador Roberto Rocha (PSDB-MA), o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (MDB) e a vereadora Fátima Avelino (MDB), para tratar da doação de uma área de 6,7 mil metros2 do Exército Brasileiro, que será usada na construção do novo Centro de Comercialização de Produtos Comestíveis, o famoso panelódromo, para abrigar vendedores de comidas típicas, no setor “Quatro Bocas”.

Os recursos para a construção do novo panelodromo já foram viabilizados pelo senador Roberto Rocha (PSDB), via indicação parlamentar em 2017, no valor de R$ 1,5 milhão. De acordo com o projeto da Secretaria de Infraestrutura de Imperatriz, o Panelodromo contará com 32 boxes, iluminação pública, estacionamento, conjunto de banheiros sanitários, instalações hidro sanitárias, abastecimento de água potável, além de uma praça de convivência ao ar livre.



O ministro disse que não há dificuldades para que o Exército agilize o pleito de doação ou seção do terreno. Ele ressaltou que os técnicos devem chegar um consenso com a prefeitura.

Em maio, a prefeitura de Imperatriz deve apresentar o projeto de engenharia e arquitetura para ser avaliado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (CODEVASF), empresa pública, que firmou o convênio entre o município e o governo federal.

“O panelódromo é um espaço conhecido onde as pessoas procuram dia e noite pratos típicos do nosso Maranhão. No entanto, os vendedores estão instalados de forma muito precária na Bernardo Sayão. Logo, estamos viabilizando que seja doado pelo Exército um terreno, na mesma rua, para que seja construída uma praça de alimentação, mantendo as tradições e os costumes, garantindo aos vendedores melhores condições de trabalhar e um lugar mais adequado para os frequentadores”, disse o senador Roberto Rocha.

O prefeito Assis Ramos saiu satisfeito da audiência no Ministério. “Estamos no caminho certo para que esse terreno seja doado ou cedido. O que está faltando é apenas a formalização deste pleito e os nossos técnicos e os do ministério já estão se entendendo”, destacou. O chefe de executivo municipal também ressaltou o trabalho de parceria com o senador Roberto Rocha. “O senador sempre teve uma atenção especial com a nossa cidade, não apenas neste assunto, mas em outros que são importantes para a nossa cidade”, finalizou Assis Ramos.
your advertise here

Publicidade