segunda-feira, 19 de março de 2018

author photo



Sabia que é possível utilizar a sétima arte para dar um gás nos estudos e se aprofundar nos conteúdos vistos em sala de aula? Isso porque o cinema não se resume apenas ao entretenimento e à diversão. Ao contrário, há muitas produções que trazem o que está nos livros de forma contextualizada. Neste post, por exemplo, você verá uma seleção especial de filmes para estudar geografia que mostram exatamente isso.

Portanto, combine com a turma um dia para todo mundo se reunir e fazer uma “sessão pipoca” na casa de alguém para assistir à nossa lista de indicações. Depois, reúnam um grupo de estudos para debater e identificar quais temas foram abordados e quais paralelos podem ser traçados com a realidade.


Vocês vão se surpreender em como podem expandir o conhecimento dessa forma e, de quebra, ainda podem treinar o inglês!
Por isso, vamos às sugestões de filmes? Confira!

1. TEMPOS MODERNOS

Para começar, nada melhor que um clássico, não é mesmo? Estamos falando de Tempos Modernos, de 1936 — roteirizado, dirigido e também estrelado pelo ator e comediante Charles Chaplin. A obra em preto e branco retrata — com um humor inteligente — a vida de um operário de fábrica que acaba afastado de onde trabalhava por problemas mentais.


O motivo do afastamento está na dificuldade em lidar com as máquinas que modernizam as etapas de produção na manufatura. Repleto de analogias e críticas sociais, o filme traz a visão dos trabalhadores — em vez do olhar do empresariado — em relação aos avanços da Revolução Industrial.
Dessa forma, mostra as explorações cometidas contra os operários, como jornadas superiores a 16 horas, péssimas condições de trabalho e os baixos salários — em paralelo ao êxodo rural e à consequente urbanização de grandes cidades, como Nova York e Londres. Além disso, o longa apresenta alguns movimentos sociais comuns da época.

2. OS MISERÁVEIS

Os Miseráveis, por outro lado, é uma releitura de uma adaptação teatral do livro homônimo escrito por Victor Hugo. A história acompanha Jean Valjean — um dos personagens centrais da obra literária — e nos apresenta a rotina sofrida de parte da população francesa que, em meio a guerras e conflitos civis, acaba lidando com uma miséria que perdura por anos e assola o país.
Nesse cenário, Jean é preso por roubar comida para a irmã e enfrenta quase duas décadas de prisão, além, é claro, do preconceito social. Há duas adaptações cinematográficas desse enredo — uma de 1998 e a mais recente, de 2012.
Ambas são excelentes opções para compreender e se aprofundar no estudo sobre o império de Napoleão e o impacto que ele causou sobre a cartografia europeia, levando os líderes de diversos países ao famoso Congresso de Viena, em 1815 — a famosa tentativa de redesenhar as fronteiras e que antecedeu a Batalha de Waterloo.

3. VALSA COM BASHIR

Entre os filmes para aprender geografia, outra grande produção é Valsa com Bashir. Autobiográfico, o filme é dirigido e escrito por Ari Folman, que passa para cada quadro da animação parte do seu passado, ou melhor, o que ainda lembra.


O motivo é que, quando mais jovem, o diretor serviu ao exército israelense e lutou na Guerra do Líbano. Porém, ao regressar, enfrentou diversos transtornos mentais ligados a um quadro crônico de estresse pós-traumático — causando bloqueios na memória. É a partir da vontade de resgatar essas lembranças e de mostrar ao mundo como realmente é uma guerra que ele fez esse premiado filme.
Portanto, além de compreender o que foi o massacre ocorrido em Sabra e Chatila, na Líbia, você se aprofunda sobre a geopolítica da região, especialmente a respeito da economia e dos contextos sociocultural e religioso que levaram ao conflito responsável pela morte de milhares de pessoas.

4. PERSEPOLIS

Um longa que não poderia faltar na nossa lista de filmes para estudar geografia é Persepolis, uma animação vencedora de diversos prêmios, como o Globo de Ouro e o Oscar. Baseada no livro de quadrinhos de mesmo nome, o filme é dirigido e roteirizado pela própria autora da obra, Marjane Satrapi.
A história — também autobiográfica — centra-se na infância da artista franco-iraniana durante o final da década de 1970 e o início de 1980, quando a Revolução Islâmica atingiu seu ápice e chegou à esfera política do Irã. A autora viveu em meio a violentos conflitos civis e manifestações que impactaram massivamente a economia do país, e isso é retratado na obra — tanto nos quadrinhos quanto no filme.
O longa é uma excelente oportunidade para compreender melhor o antes e o depois de uma nação que acompanhava a globalização no mundo — além das relações econômicas estratégicas com grandes potências do ocidente — e como isso tudo mudou por causa do regime teocrático adotado. Além disso, ele retrata dois outros pontos importantes.
O primeiro é a repressão social e cultural às mulheres iranianas, especialmente quanto ao código de conduta e vestimenta, dando uma boa contextualização sobre o fundamentalismo religioso praticado pela sociedade do país. Já o segundo diz respeito ao fluxo migratório de parte da população para outros países, em especial os ocidentais — como ocorreu com Marjane, que se mudou para a França.

5. MUNIQUE

Por último, um filme dirigido por Steven Spielberg: Munique. Retratando fatos reais, ele explora o atentado ocorrido durante as Olimpíadas de 1972 na cidade que dá nome à obra, na Alemanha, responsável pela morte de atletas e de civis. Partindo desses fatos, nós acompanhamos como o mundo reage ao episódio — em especial, o governo israelense, uma vez que a comissão desse país era o alvo central dos terroristas.


Abordando questões migratórias e o avanço da xenofobia na Europa, o longa apresenta diversos aspectos da globalização por trás dos eventos esportivos e, principalmente, o cenário geopolítico envolvendo Israel e Síria — que é o mesmo no qual se passa a animação Valsa com Bashir. Ou seja, é uma oportunidade para ter uma segunda visão sobre diferentes eventos que marcaram (e ainda marcam) as relações internacionais de diferentes nações.
Gostou das nossas sugestões de filmes para estudar geografia? Não deixe de assistir a todos eles no tempo livre e seguir nossa recomendação do grupo de estudo pós-filme para expandir o conhecimento. Então, compartilhe este post com seus amigos e comecem a planejar a sessão de cinema e estudos!
your advertise here

Publicidade